O que é uma bolsa de estudo e como conseguir uma

Bolsas de estudo nada mais são do que incentivos financeiros para que uma pessoa possa cursar um escola ou faculdade sem precisar pagar por ela. Neste sentido, uma bolsa de estudos se configura em receber uma prestação pecuniária de uma entidade pública ou privada.

No Brasil existem atualmente várias formas de se conseguir uma bolsa de estudos, tanto em instituições públicas quanto nas privadas. Isso se deve ao fato do governos federal ter desenvolvidos uma série de programas governamentais para facilitar o ingresso de estudantes em instituições e universidades de todo o país.

Neste artigo você terá a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre este universo, ficará por dentro dos principais programas de bolsas de estudo vigentes em nosso país, bem como as formas de acesso, e inserção em instituições filantrópicas. Confira!

Como conseguir uma bolsa de estudo

Sabemos a dificuldade que é ter que arcar com os custos dos nossos estudos. Seja em escola ou universidade, as mensalidades são sempre altíssimas e não é todo mundo que tem condições de pagar por este tipo de acesso.

Felizmente, existem programas de bolsa de estudos que podem ser acessados e que podem proporcionar que você consiga dar seguimento aos seus estudos sem preocupar-se com questões financeiras.

Como conseguir uma bolsa de estudos

Veja a seguir algumas formas de acesso com bolsas de estudos integrais e semi-integrais. Lembrando que existem outras formas de se conseguir bolsas de estudos, muitas delas a partir de programas particulares de instituições privadas. O que iremos apresentar são os três tipos de bolsas com mais número de adesões todos os anos. Confira também os critérios para se conseguir as bolsas de estudos em cada programa.

ProUni 100%

O Programa Universidade Para Todos (ProUni) é um programa de governo que oferece bolsas de estudos em faculdades particulares de todo o país voltado para aqueles estudantes que são de baixa renda e ainda não conseguiram acessar o ensino superior.

As bolsas de estudos do ProUni que são totalmente integrais, ou seja, uma bolsa que cobre todas as despesas de mensalidades do curso escolhido pelo estudantes, são disponibilizadas apenas para quem tem renda familiar mensal de até um salário e meio por pessoa.

Para que o estudante possa concorrer a bolsa do ProUni é necessário também que o mesmo tenha realizado a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e que tenha obtido nessa prova um desempenho satisfatório de pelo menos 450 pontos e não tenha zerado a redação.

Demais critérios são:

  • Ter cursado o ensino médio em escola pública;
  • Se tiver estudado o ensino médio em escola particular, deverá sido também através de bolsa de estudo;
  • Ter cursado o ensino médio em escola pública;
  • Se tiver estudado o ensino médio em escola particular, deverá sido também através de bolsa de estudo;

Prouni 50%

No caso do ProUni 50%, esta bolsa de estudo se configura em apoio governamental para pagamento de metade da mensalidade em uma faculdade, ou seja, a outra metade deve ser paga pelo próprio estudante.

Este tipo de bolsa é disponibilizada em caso de alunos que possuam uma renda familiar mensal de até três salário mínimos por pessoa.

As demais exigências são as mesmas do ProUni 100%, ou seja, ter feito a prova do Enem e ter estudado em escola pública e/ou através de bolsas de estudo em escolas particulares.

Sisu

Este programa de bolsas de estudos é o mais famoso no Brasil. Criado em 2010, o Sisu (Sistema de Seleção unificada) é a porta de acesso ao ensino superior com maior adesão do país.

Para se conseguir uma bolsa através do Sisu é preciso fazer parte deste processo seletivo utilizando a nota obtida no Enem. O Sisu calcula as notas de todos os candidatos a uma determinada vaga em uma instituição pública e seleciona aqueles que a maior nota no Enem.

Bolsas para Professores

No caso das bolsas de estudos do ProUni, professores podem acessá-las para cursarem outras licenciaturas de forma integral ou parcial. Não há avaliação de renda mensal familiar, apenas realização da prova do Enem e apresentação de diploma em uma licenciatura.

Existem também sistemas próprios de algumas instituições que disponibilizam bolsas de estudos para professores. É o exemplo da Universidade Estadual de São Paulo (USP) que possui um programa exclusivo para este público, com bolsas para profissionais da rede pública e privada de ensino da educação básica ao ensino médio.

Bolsa de estudos de Instituições Filantrópicas

As instituições filantrópicas, sejam escolares ou de níveis superiores, são entidades sem fins lucrativos que trabalham com foco em ações sociais e educacionais.

Para se conseguir bolsas de estudo em instituições filantrópicas é necessário que o estudante realize as seleções próprias destas instituições. Feito isso, o próprio estudante deve solicitar uma bolsa de estudo para participação no processo seletivo da instituição.

Geralmente além da avaliação feita, as instituições também avaliam as condições financeiras de sua família.
Não existe um padrão determinado e como dissemos anteriormente, cada instituição filantrópica cria seus próprios critérios para seleção. Logo, é bom pesquisar bem quais são as existentes em sua cidade e as possibilidades de acesso.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.